Coronavírus

Mais 196 mortos em Itália num dia devido ao coronavírus

GIANLUIGI BASILIETTI

Total de mortes subiu esta quarta-feira para 827.

Especial Coronavírus

O número de mortes em Itália associadas ao novo coronavírus subiu esta quarta-feira para as 827, um aumento de 196 face a terça-feira, divulgou o chefe da Proteção Civil italiana, Angelo Borrelli.

Na nota informativa disponibilizada na página na página da Proteção Civil italiana na Internet, o órgão ressalvou, no entanto, que este número de óbitos "só poderá ser confirmado depois do Instituto Superior de Saúde estabelecer a causa efetiva da morte".

Os casos positivos de Covid-19 (nome atribuído pela Organização Mundial Saúde à doença provocada pelo novo coronavírus) verificados atualmente naquele país são de 10.590, indicou o organismo.

O mesmo representante da Proteção Civil italiana informou que 1.045 pessoas estão dadas como curadas.Desde o início desta crise, Itália registou um total de 12.462 casos de infeção do novo coronavírus.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.000 mortos e cerca de 120 mil pessoas infetadas em cerca de uma centena de países.

Mais de 63 mil pessoas recuperaram.

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China e o Governo italiano decidiu na segunda-feira alargar a quarentena, imposta inicialmente no norte do país, a todo o território italiano.

Portugal regista 59 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou hoje a doença Covid-19 como pandemia, justificando a decisão com os "níveis alarmantes de propagação e inação".

Veja também: