Coronavírus

Fundação Calouste Gulbenkian encerra museu por causa do novo coronavírus

Fundação Calouste Gulbenkian (DR)

Também todas as atividades educativas foram canceladas.

Especial Coronavírus

A Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, vai encerrar na sexta-feira todos os espaços expositivos e a Biblioteca de Arte e cancelar todas as atividades educativas, por causa da doença Covid-19, foi hoje anunciado.

O conselho de administração da fundação decidiu que estas medidas, que abrangem o Museu Gulbenkian e as exposições temporárias, estarão em vigor até 3 de abril.

A decisão é tomada "tendo em conta a situação provocada pela pandemia de coronavírus e seguem-se à decisão já tomada de suspender os próximos concertos da temporada de música".

Na terça-feira, a fundação anunciou que iria cancelar ou, quando possível, adiar, os 12 concertos da temporada de música até dia 03 de abril.

Esta é a data de validade da orientação emitida pela Direção-Geral da Saúde (DGS) em relação a eventos de massas, que recomenda a suspensão de acontecimentos com mais de mil pessoas em espaços fechados ou 5.000 participantes em locais abertos.

SIGA AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE O SURTO DE COVID-19

Veja também: