Coronavírus

Mais de 20 crianças e seis adultos retidos em jardim de infância na Maia

Uma das crianças poderá estar infetada com a doença Covid-19.

Especial Coronavírus

Pelo menos 23 crianças e seis adultos estão retidos no jardim de infância de Barroso, no concelho da Maia (Porto), porque uma criança poderá estar infetada com a doença Covid-19, disse à Lusa um elemento da associação de pais.

André Alves, membro da Associação de Pais de Barroso, afirmou que "23 crianças e seis adultos" estão retidos neste jardim de infância e que vários encarregados de educação estavam pelas 23:30 concentrados no exterior das instalações na freguesia de Nogueira da Maia.

Este elemento referiu que os encarregados de educação estão "desde as 16:00" no exterior do jardim de infância e que a única informação que têm é de que as educadoras de infância e as auxiliares tentaram, sem sucesso, contactar a Linha SNS 24.

O contacto apenas foi estabelecido com a linha SNS 24 "por volta das 20:30" e a suspeita é de "uma menina" que apresenta sintomas de contágio pelo novo coronavírus, nomeadamente "tosse e febre".

A Lusa contactou a Câmara Municipal da Maia que remeteu esclarecimentos para as autoridades de saúde locais, bem como para o agrupamento de escolas, entidades junto das quais não foi possível até ao momento qualquer resposta.

A Lusa contactou a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, e o assessor da Administração Regional de Saúde do Norte, Antonino Leite. Este responsável declarou que hoje não conseguiria dar respostas.

No local é possível constatar que cerca de uma dezena de pais permanecem à porta do estabelecimento de educação pré-escolar à espera de informações.