Coronavírus

Falta gel e papel nas casas de banho do aeroporto de Lisboa

Um dos funcionários está infetado com o novo coronavírus.

Especial Coronavírus

O cenário no aeroporto de Lisboa não cumpre as orientações da Direção-Geral da Saúde, numa altura em que também a higiene está comprometida por falta de pessoal de limpeza. Oito blocos de instalações sanitárias foram encerrados e falta gel e papel nas restantes.

Para além disso, foi confirmado o primeiro caso de um funcionário com a doença Covid-19.

Veja também:

  • 1:31
  • Não estou de acordo

    Opinião

    Não estou de acordo com métodos medievais para enfrentar uma pandemia. Se os vírus evoluíram, a organização da sociedade também deveria ter evoluído o suficiente para os combater de outra forma. O recolher obrigatório é próprio dos tempos obscuros e das sociedades não democráticas. Proibir as pessoas de circular na rua asfixia a economia e não elimina a pandemia.

    José Gomes Ferreira