Coronavírus

Câmara de Braga manda fechar estabelecimentos não essenciais

Município vai fiscalizar o cumprimento da medida contra a propagação do novo coronavírus.

Saiba mais...

Para combater o novo coronavírus, a Câmara de Braga mandou fechar todo o comércio e serviços não essenciais. A exceção são farmácias e estabelecimentos de venda de produtos alimentares de primeira necessidade.

A medida entrou em vigor à meia-noite desta terça-feira e será fiscalizada pela autarquia.

Veja também:

  • Mussolini: o pai dos populistas

    Extremos

    Antonio Scurati descreve Mussolini como "o primeiro líder populista da História". O líder fascista "é sem dúvida um ditador, mas foi também o ideólogo da tipologia de liderança populista que ainda hoje domina a cena política", conta o professor e investigador italiano à equipa Extremos

    Maria Rodrigues e Rita Murtinho