Coronavírus

Câmara de Braga manda fechar estabelecimentos não essenciais

Município vai fiscalizar o cumprimento da medida contra a propagação do novo coronavírus.

Especial Coronavírus

Para combater o novo coronavírus, a Câmara de Braga mandou fechar todo o comércio e serviços não essenciais. A exceção são farmácias e estabelecimentos de venda de produtos alimentares de primeira necessidade.

A medida entrou em vigor à meia-noite desta terça-feira e será fiscalizada pela autarquia.

Veja também: