Coronavírus

Mundo do futebol unido no combate ao novo coronavírus

Mundo do futebol unido no combate ao novo coronavírus

Estrelas doam milhões para equipar unidades de saúde.

Especial Coronavírus

Jogadores, treinadores e empresários de futebol estão a fazer doações para os hospitais que recebem os casos mais graves da Covid-19. Em Lisboa e no Porto vão ser abertas novas unidades de cuidados intensivos, com o equipamentos clínicos a serem oferecidos por Cristiano Ronaldo e Jorge Mendes.

Também Messi contribuiu, através da doação de 1 milhão de euros, para o reforço de duas unidades hospitalares, uma em Barcelona e outra na Argentina.

SIGA AQUI AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Veja também:

  • Governo admite aumento de pressão sobre os hospitais

    Coronavírus

    No dia em que o balanço da Direção Geral de Saúde dá conta de 311 mortes e 11.730 casos de Covid-19 em Portugal, o Governo admite que aumentou a pressão sobre os hospitais. Esta segunda-feira, ficou ainda a saber-se que o País já tem um mapa de risco de infeção por coronavírus. Em Londres, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson está internado nos cuidados intensivos. Em Espanha, o número de óbitos desceu pelo quarto dia consecutivo. Já os Estados Unidos ultrapassaram as 10 mil mortes. A pandemia do novo coronavírus já matou, desde dezembro, 73.139 pessoas e infetou mais de 1,3 milhões em todo o mundo.

    SIC Notícias