Coronavírus

Ordens dos médicos, enfermeiros e farmacêuticos fazem apelo ao primeiro-ministro

Ordens dos médicos, enfermeiros e farmacêuticos fazem apelo ao primeiro-ministro

Profissionais dizem que falta de tudo um pouco.

Especial Coronavírus

As ordens dos médicos, enfermeiros e farmacêuticos acusam o primeiro-ministro de faltar à verdade quando diz que não há falta material de proteção nos hospitais portugueses.

Os bastonários vão enviar, ainda esta quarta-feira uma carta a António Costa com relatos do que se passa nos hospitais de Norte a Sul do país.

Veja também: