Coronavírus

Príncipe Carlos testa positivo ao novo coronavírus

Calvin Wong

A mulher, Camila, testou negativo.

Especial Coronavírus

O príncipe Carlos, de 71 anos, filho da Rainha de Inglaterra Isabel II, testou positivo ao novo coronavírus, informou a Clarence House. Um porta-voz da família real explicou que o príncipe apresenta sintomas “ligeiros” e “encontra-se bem de saúde”.

A mulher do príncipe Carlos, Camila, Duquesa da Cornualha, também foi testada ao novo coronavírus, tendo o resultado sido negativo. Os dois encontram-se agora em isolamento na sua casa na Escócia.

“Não é possível determinar por quem o príncipe foi infetado devido ao alto número de compromissos que realizou publicamente nas últimas semanas”.

Desde a semana passada que a Rainha Isabel II deixou o palácio de Buckingham, em Londres, e está instalada no Castelo de Windsor como medida de precaução.

A monarca, de 93 anos, e o marido, príncipe Filipe, de 98 anos, mudaram-se para o castelo, situado a 32 quilómetros de Londres, uma semana mais cedo do que o habitual por altura da Páscoa, por conselho das autoridades de saúde e do Governo britânico.

Os compromissos previstos para as próximas semanas já tinham sido adiados ou cancelados por "precaução" e por "razões práticas nas atuais circunstâncias", e Isabel II tem usado videoconferência se manter em contacto com a família e para a reunião semanal com o primeiro-ministro, Boris Johnson.

As festas de primavera que a Rainha acolhe por esta altura, e nas quais participam milhares de pessoas, também foram adiadas e outros eventos futuros - como as comemorações do final da II Guerra Mundial na Europa e uma visita estatal do Imperador Naruhito, do Japão - estão em dúvida.

Decretado confinamento obrigatório no Reino Unido devido à pandemia de covid-19

O primeiro-ministro, Boris Johnson, ordenou na segunda-feira que a população do Reino Unido fique confinada por pelo menos três semanas, ordenando também o encerramento de todas as lojas e serviços não essenciais.

O parlamento britânico também vai encerrar durante quase um mês, a partir da noite desta quarta-feira, e os deputados serão enviados para casa uma semana antes do período habitual de férias da Páscoa devido à pandemia da Covid-19.

SIGA AQUI AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Veja também: