Coronavírus

Zoo de Lisboa encerra mas leva atividades a casa na férias da Páscoa

Jardim Zoológico de Lisboa

A partir de casa poderá assistir ao nascimento de uma tartaruga ou “almoçar” com os ursos.

O Jardim Zoológico de Lisboa encerra as portas aos visitantes na sequência das recomendações para conter a Covid-19. Propõe no entanto visitas virtuais a este espaço através do site e das redes sociais.

Assistir ao nascimento de uma tartaruga, “almoçar” com os ursos ou “mergulhar” com os hipopótamos, são algumas das atividades que o Jardim Zoológico propõe aos visitantes virtuais em tempo de confinamento em casa devido à Covid-19, escreve o Zoo em comunicado.

Através de propostas semanais de conteúdos e atividades ou do “ATL virtual”, o Jardim Zoológico desafia os “visitantes” a descobrir o maravilhoso mundo animal, sem sair de casa.

Assim, será possível ver o dia-a-dia dos habitantes do Zoo de Lisboa através do canal YouTube, do site e do blog oficial do parque.

No canal YouTube, serão disponibilizados todas as terças-feiras, vídeos que prometem levar os exploradores em viagem pelos diferentes continentes para conhecer as mais fascinantes curiosidades sobre animais e plantas.

O blog oficial continuará a alimentar a curiosidade de todos os exploradores da natureza com as últimas notícias sobre o mundo animal, e no site do parque não só continuarão a ser disponibilizadas as mais frescas novidades sobre a “Arca de Noé Lisboeta”, como será reforçada a agenda de atividades online.

ATL em casa

Para as férias da Páscoa, o Jardim Zoológico vai realizar um ATL para que as crianças e jovens possam participara a partir de casa-

De 30 de março a 13 de abril, o Zoo convida os exploradores dos 3 aos 16 anos a participar em atividades lúdico-pedagógicas diárias adaptadas às várias faixas etárias, oferecendo aos participantes a oportunidade de investigar os mistérios da vida selvagem e de se transformarem em verdadeiros guardiões da Natureza, sem sair de casa.

Jardim Zoológico de Lisboa

Os mais recentes números da Covid-19 em Portugal

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quarta-feira a existência de 43 mortes e 2.995 casos de Covid-19.

O número de óbitos subiu de 33 para 43 em relação ao último balanço da DGS, enquanto o número de infetados aumentou de 2.362 para 2.995, mais 633 relação a ontem, uma subida que representa um aumento de 26,7%.

Há, ao todo, 22 casos recuperados a registar,

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

SIGA AQUI AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Veja também:

  • 100 mortes e 5.170 casos de Covid-19 em Portugal

    Coronavírus

    O número de óbitos subiu de 76 para 100 em relação ao último balanço da DGS, enquanto o número de infetados aumentou de 4.268 para 5.170, mais 902 em relação a ontem. A região Norte continua a ser a mais afetada. A ministra da Saúde diz que a incidência máxima da doença deve acontecer no final de maio. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia de Covid-19.

    Direto

    SIC Notícias