Coronavírus

Covid-19: Europeus de remo adiados para setembro ou outubro

Russell Cheyne

Competição estava marcada para junho, na Polónia.

Especial Coronavírus

A possibilidade de realizar os Europeus de remo em junho, na Polónia, foi descartada pela Federação Internacional de Remo (FISA), que confia numa evolução favorável da pandemia da Covid-19 para que possam disputar-se em setembro ou outubro.

As dificuldades dos atletas em treinar e viajar, as restrições à circulação impostas em muitos países, os períodos de quarentena "e, em muitos casos, a falta de cobertura de seguro para o novo coronavírus" levaram a FISA e o comité organizador a anunciar na terça-feira o cancelamento do evento.

Os Europeus de remo estavam previstos para decorrer de 5 a 7 de junho, em Poznan, na Polónia, e tanto a FISA como o comité organizador esperam uma evolução favorável da pandemia do novo coronavírus para que possam ser remarcados para setembro ou outubro deste ano.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 828 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 41 mil. Dos casos de infeção, pelo menos 165 mil são considerados curados.

MAPA INTERATIVO MOSTRA EM TEMPO REAL OS PAÍSES AFETADOS PELO CORONAVÍRUS

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 2 de abril, registaram-se 187 mortes e 8.251 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito na quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde.