Coronavírus

Covid-19: Plantel do Tondela participa em doação de material para hospital

Leon Kuegeler

O Tondela adianta que entregou "5.000 luvas, 400 máscaras FP2 e ainda 150 fatos descartáveis.

Especial Coronavírus

O plantel principal do Tondela, equipa da I Liga portuguesa de futebol, participou na doação de material de equipamento de proteção individual ao Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV) no âmbito do combate à covid-19.

"Não esquecendo nunca o papel e responsabilidade social que têm, o Clube Desportivo de Tondela e a CD Tondela - Futebol SAD informam que, face ao período que estamos a passar devido à pandemia covid-19, disponibilizaram ao Centro Hospitalar Tondela-Viseu e ao Centro de Saúde de Tondela vários materiais de proteção para os seus profissionais", adiantam num comunicado de imprensa.

O documento explica que a doação do equipamento de proteção contou com "a participação do plantel principal" de futebol e que o material "será distribuído em iguais quantidades para ambas as instituições" de saúde.

O Tondela adianta que entregou "5.000 luvas, 400 máscaras FP2 e ainda 150 fatos descartáveis, a que se juntarão em breve máscaras cirúrgicas", que "servirão para que os profissionais de saúde destas instituições continuem a levar a cabo com segurança as suas tarefas tão importantes no dia-a-dia".

"Uma vez mais o CD Tondela reforça o papel que todos nós temos na resolução deste problema, sendo essencial que cumpramos a nossa obrigação de ficar em casa. Neste rumo, em breve estaremos de novo todos juntos", apela o clube.

Os números do coronavírus

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19, já infetou perto de 866 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 43 mil. Dos casos de infeção, pelo menos 172.500 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, que está em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril, registaram-se 187 mortes e 8.251 casos de infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

  • Uma Casa Cheia
    13:06