Coronavírus

Igreja Católica proíbe missas com fiéis na Semana Santa

Amir Cohen

O Papa Francisco preside as celebrações à porta fechada.

Especial Coronavírus

No Vaticano, a pandemia do cororavírus obriga a uma Semana Santa sem precedentes. A Igreja católica proibiu a presença de fiéis nas missas.

A Semana Santa vai acontecer também sem tradicional lavagem dos pés, assim como a via-sacra.

Com Itália devastada pela pandemia, o Papa vai presidir de portas fechadas ao Domingo de Ramos, à Quinta e Sexta-Feira Santa e à Vigília Pascal.

No dia da Ressureição de Jesus, que ocorre no Domingo de Páscoa e assinala o fim das celebrações, haverá a tradicional benção "Urbi et Orbi", que o sumo pontífice faz na quadra pascal e natalícia.

Em Portugal, o Santuário de Fátima vai, pela primeira vez, celebrar a Semana Santa à porta fechada, sem peregrinos.

As celebrações vão poder ser vistas no canal de youtube do Santuário.