Coronavírus

Bruno Fernandes, Dalot e restantes jogadores do Man. United vão doar 30% do salário

Ideia partiu do capitão Harry Maguire e foi bem aceite pelo plantel

Especial Coronavírus

A iniciativa partiu do defesa central Harry Maguire e teve plena aceitação entre o plantel, onde se incluem os portugueses Bruno Fernandes e Diogo Dalot. Os jogadores do Manchester United vão doar 30 por cento dos respetivos salários ao sistema nacional de saúde e aos hospitais, para ajudar no combate à pandemia da Covid-19.


O capitão do Manchester United pediu aos companheiros para todos ajudarem os que nesta altura lutam contra o novo coronavírues em Inglaterra e, segundo o jornal 'Daily Mirror', os jogadores aceitaram a sugestão.

O diretor executivo do United, Ed Woodward, já se encontrou com o capitão para discutir como será feita esta doação.

Esta iniciativa aparece numa altura em que os clubes da Premier League estão a ser muito criticados por não cortarem no salário dos jogadores, de modo a ajudarem a pagar os vencimentos de funcionários que auferem bem menos.