Coronavírus

Covid-19: Mais de 9.000 julgamentos adiados em duas semanas

Tiago Petinga

Juízes trabalham a partir do domicílio.

Especial Coronavírus

Só nas duas primeiras semanas do estado de emergência terão sido cancelados ou adiados mais de 9 mil julgamentos, diligências ou despachos presenciais em Portugal.

Os números são da Associação Sindical dos Juízes, a partir de um inquérito publicado no Observador e realizado nas últimas duas semanas aos magistrados.

Mais de 90% trabalham a partir de casa. Sentem dificuldades no acesso aos processos devido a constrangimentos familiares ou problemas com a ligação.

Metade dos que estão no domicílio tiveram de se deslocar aos tribunais, onde acabaram por realizar mais de 2.500 julgamentos ou diligências.

SIGA AQUI AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

ESPECIAL CORONAVÍRUS