Coronavírus

Cancelada a peregrinação do 13 de maio a Fátima

Informação foi avançada em vídeo, no site do santuário, pelo bispo D. António Marto.

Especial Coronavírus

O Santuário de Fátima anunciou que a Peregrinação Internacional Aniversária de maio será este ano celebrada sem a presença física de peregrinos, devido à Covid-19, mas que se mantêm as principais celebrações.

Apesar de esta peregrinação não poder ser vivida nos moldes habituais, vão realizar-se "as principais celebrações na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, que serão presididas pelo cardeal D. António Marto e transmitidas pelos meios de comunicação social e digital", explica.

No seu entender, "suspender esta peregrinação de maio nos moldes habituais é um ato de responsabilidade pastoral e também um profundo ato de fé", que comunica "com o coração em lágrimas", por saber da importância deste momento para milhares de peregrinos.

O cardeal refere que, mesmo a partir de casa, este momento poderá ser vivido em espírito de peregrinação: "O recinto do santuário estará vazio, mas não deserto. Ainda que separados fisicamente, estaremos todos aqui espiritualmente unidos como Igreja com Maria, de modo intenso, com o coração cheio de fé". Segundo o prelado, "não se peregrina só a pé e com os pés ou com a deslocação física", mas também "com a mente e o coração", ou seja, "fazendo uma peregrinação interior na busca de luz e de verdade, de regeneração e de cura, de conforto espiritual e de paz".

António Marto lamenta que os mais de 180 grupos inscritos até ao início da pandemia se tenham visto obrigados a cancelar a peregrinação e lembra que a alteração da forma de celebração também representa para o santuário "um momento muito difícil, porque não pode acolher peregrinos, que são a razão de ser deste grande hospital de campanha que ajuda a sarar tantas feridas".

"Não poderemos peregrinar em maio, mas poderemos fazê-lo noutra altura. Aliás, devemos fazê-lo noutra altura em ação de graças", defende.

SIGA AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19