Coronavírus

Wuhan assinala com muita luz fim da quarentena

Cidade chinesa estava em isolamento desde 23 de janeiro.

Especial Coronavírus

Depois de mais de dois meses de confinamento, com 11 milhões de pessoas, Wuhan volta a poder movimentar-se. No sítio onde teve início a pandemia de Covid-19, estavam retidas milhares de pessoas que não vivem em Wuhan e que foram apanhadas pelas restrições impostas a 23 de janeiro.

Hoje, dezenas de milhares de pessoas estavam emocionadas perante a perspetiva de apanhar um transporte público ou um avião para sair de Wuhan.