Coronavírus

Conselho de ministros decide sobre 3º período lectivo

Conselho de ministros decide sobre 3º período lectivo

Ana Geraldes

Ana Geraldes

Jornalista

Reabertura das escolas para o Secundário em cima da mesa.

Especial Coronavírus

António Costa leva ao Conselho de ministros desta quinta-feira um conjunto de medidas sobre a forma como as aulas devem decorrer a partir da próxima semana, depois das férias da Páscoa.

O Primeiro-ministro prometeu uma decisão para este dia, depois de nos últimos dois dias ter reunido os pareceres de peritos em saúde, responsáveis pela comunidade escolar e conselheiros de educação e os partidos políticos, um a um.

Ficou claro que, em abril, as escolas não vão reabrir, mas a possibilidade de haver aulas presenciais, em maio, o Governo não quer descartar para já, tendo vontade de poder, para os alunos do Secundário, conseguir retomar as aulas e definir um calendário para a realização de exames nacionais e de acesso ao Ensino Superior.

Para os alunos do Básico, a aprendizagem vai ser feita através de métodos de ensino à distância e o Ministério da Educação conta ter a Telescola a postos para arrancar nos próximos dias.

As aulas foram suspensas a 16 de março e deveriam ser retomadas depois do período das férias da Páscoa, na próxima semana.

Agora, é preciso esclarecer como será feita a avaliação, até quando pode ser prolongado o calendário escolar e como será preparado o próximo ano lectivo.

Siga aqui ao minuto toda a informação sobre a Covid-19