Coronavírus

Espanha supera as 15 mil mortes por Covid-19

Jon Nazca

O último balanço das autoridades de saúde espanholas.

Especial Coronavírus

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 683 mortes devido ao novo coronavírus, um número que volta a baixar depois da subida dos últimos dois dias, havendo agora um total de 15.238 óbitos, segundo as autoridades sanitárias.

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 5.756 novos infetados, também uma redução em relação a quarta-feira, sendo agora o total de contagiados de 152.446 (dados consolidados às 20:00 de quarta-feira, hora de Lisboa).

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, 52.165 pessoas foram consideradas como curadas, mais de um terço dos casos positivos confirmados.

A região com mais casos positivos de covid-19 é a de Madrid, com 43.877 infetados e 5.800 mortos, seguida pela da Catalunha (31.043 e 3.148), a de Castela-Mancha (12.489 e 1.322), a de Castela e Leão (10.518 e 1.082) e a do País Basco (9.806 e 689).

Termina hoje em Espanha o período extraordinário de duas semanas em que só podiam sair de casa os que asseguravam a produção e os serviços de primeira necessidade ou essenciais.

Todos aqueles que trabalham em casa vão continuar a fazê-lo, mas os que não o podem fazer são autorizados a deslocar-se, apenas até ao seu local de trabalho a partir de segunda-feira, depois do fim de semana alargado da Páscoa.

O parlamento espanhol irá votar hoje a proposta do governo para prolongar por mais duas semanas, até às 24:00 de 25 deste mês, o "estado de emergência" em vigor desde 15 de março, com o objetivo e lutar contra o novo coronavírus.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 87 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 280 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 772 mil infetados e mais de 61 mil mortos, é aquele onde se regista o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, contabilizando 17.669 óbitos em 139.422 casos confirmados até quarta-feira.

A Espanha é o segundo país com maior número de mortes, enquanto os Estados Unidos, com 14.817 mortos, são o que contabiliza mais infetados (432.132).

Siga aqui ao minuto toda a informação sobre a Covid-19

Espanha tem quase 20 mil profissionais de saúde infetados com Covid-19

Governo espanhol quer testar imunidade em vários setores para tentar impedir novos surtos