Coronavírus

Espanha regista menor número de mortes dos últimos 17 dias

Sergio Perez

O último balanço das autoridades de saúde espanholas.

Especial Coronavírus

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 605 mortes devido ao novo coronavírus, um número que confirma a descida dos últimos dias e o mais baixo desde 24 de março, havendo agora um total de 15.843 óbitos, segundo as autoridades sanitárias.

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 4.576 novos infetados, também uma redução em relação aos dias anteriores, sendo agora o total de contagiados de 157.022 (dados consolidados às 20:00 de quinta-feira, hora de Lisboa).

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, 55.668 pessoas foram consideradas como curadas, uma percentagem de 35%, que está a subir, em relação aos casos positivos confirmados.

A região com mais casos positivos da covid-19 é a de Madrid, com 44.783 infetados e 5.972 mortos, seguida pela da Catalunha (31.824 e 3.231), a de Castela-Mancha (13.063 e 1.431), a de Castela e Leão (11.102 e 1.129) e a do País Basco (10.103 e 729).

O parlamento espanhol aprovou na quinta-feira ao fim do dia o prolongamento por mais duas semanas, até 25 de abril, do "estado de emergência" em vigor desde 15 de março último no país, com o objetivo de lutar contra o novo coronavírus.

A decisão é tomada numa altura em que as autoridades sanitárias estão convencidas de o pico da pandemia já foi superado, mas alertam para a necessidade de consolidar nos próximos dias/semanas a tendência detetada.

No debate parlamentar, o primeiro-ministro socialista, Pedro Sánchez, já avançou que, dentro de 15 dias, irá voltar ao parlamento para pedir mais um prolongamento do "estado de emergência" por duas semanas, porque o país não terá ainda "posto fim à pandemia".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 94 mil.

Dos casos de infeção, mais de 316 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS COVID-19