Coronavírus

431 mortes por Covid-19 em Itália nas últimas 24 horas. O número mais baixo das últimas três semanas

ANGELO CARCONI

O país é o segundo no mundo com o maior número de vítimas mortais.

Especial Coronavírus

Em Itália, o número de mortos por Covid-19, registado nas últimas 24 horas, foi o mais baixo da últimas 3 semanas, com o país a contabilizar mais 431 vítimas mortais relativamente aos números do dia anterior.

O número total de mortes ascende agora aos 19.889, o segundo maior no mundo, apenas atrás dos EUA.

Até ao momento foram detetados 156.363 casos de infeção, sendo que 34.211 pacientes recuperaram da doença. Neste momento encontram-se 3.343 pessoas nos cuidados intensivos.

Depois da Covid-19, a incerteza do que está para chegar

Há um mês que Itália está paralisada. A crise sanitária começa agora a abrandar, mas os italianos sabem que se aproxima uma outra. Cresce o receio de uma crise económica.

Uma reportagem da Sky News, em Roma, Itália.

Itália prolonga confinamento até 3 de maio

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, prolongou esta sexta-feira as restrições e o confinamento até 3 de maio para continuar a conter a propagação da Covid-19, mas irá permitir a reabertura de algumas empresas.

"É uma decisão difícil mas necessária, pela qual assumo total responsabilidade", anunciou o primeiro-ministro em mensagem ao país, estendendo as restrições que deveriam terminar no dia 13 de abril.

O Governo de Giuseppe Conte irá permitir a abertura de algumas empresas a partir do dia 14 de abril, como livrarias, lojas de artigos de papelaria, lojas infantis e alguns serviços florestais.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19