Coronavírus

Von der Leyen quer idosos isolados até ao fim do ano 

Von der Leyen quer idosos isolados até ao fim do ano 

Ana Geraldes

Ana Geraldes

Jornalista

Presidente da Comissão Europeia admite que será difícil enquanto não houver vacina 

Especial Coronavírus

No momento em que a desaceleração de novos casos de covid-19 começa a sentir-se nos países europeus, a Presidente da Comissão Europeia avisa que não se podem levantar as restrições de contacto com idosos.

Ursula Von der Leyen reconhece que é difícil, porque o isolamento custa, mas "é uma questão de vida ou de morte".

Enquanto não houver uma vacina, não há outra forma de combater o novo coronavírus. As restrições até podem ser aligeiradas e crianças e jovens voltar a ter liberdade de movimento mais cedo, mas para a Presidente da Comissão Europeia, os grupos de riscos terão que manter contacto limitado.

O aviso é especialmente dirigido a lares. Até ao fim do ano, altura em que espera ver desenvolvida uma vacina por um laboratório europeu, disse Von der Leyen ao alemão Bild, em declarações publicadas este domingo, "devemos manter-nos disciplinados e pacientes".