Coronavírus

"Pensei que estava a morrer e que jamais acordaria"

"Pensei que estava a morrer e que jamais acordaria"

Tiago Martins

Tiago Martins

Editor de Imagem

Covid-19: o País e o Mundo

Especial Coronavírus

No atual cenário de pandemia de Covid-19, a falta de material de proteção é um dos principais problemas das unidades de saúde de todo o mundo. Os profissionais de saúde são o grupo que convive mais próximo do novo coronavírus, correndo um maior risco de ficarem infetados.

A médica Clare Gerada foi infetada com o vírus em Nova Iorque em março e fala de uma doença que "é deprimente". Diz que a Covid-19 "é como uma dose muito forte de gripe".
"Senti dores horríveis", lembra.

Na Bélgica, o médico urologista Antoine Sassine esteve em coma durante três semanas. "Vi familiares próximos morrerem. Estava a ver o meu fim. Pensei que estava a morrer e que jamais acordaria", conta.

Aos 58 anos foi internado nos cuidados intensivos com o agravamento dos sintomas da doença.