Coronavírus

Covid-19 pode tornar-se numa doença sazonal como a gripe

BRENDAN MCDERMID

O novo coronavírus provavelmente vai voltar todos os anos, defendem os cientistas chineses.

Especial Coronavírus

Há cientistas chineses que defendem que o novo coronavírus não vai ser erradicado, começando a haver consenso de que o vírus poderá voltar todos os anos como a gripe.

Ao contrário do que aconteceu há uns anos com a SARS, um vírus da mesma família, o novo coronavírus poderá não desaparecer. A principal razão que sustenta esta ideia é o facto de haver doentes assintomáticos, que dificultam a contenção da doença, enquanto que com a SARS, os infetados ficavam gravemente doentes. Por exemplo na China, apesar da pandemia estar controlada, todos os dias há registo de novos casos assintomáticos.

"É muito provável que seja uma epidemia que coexiste com os seres humanos por um grande período de tempo, que se vai tornar sazonal e acaba por tornar o corpo humano inume à doença", disse Jin Qi, diretor do Instituto de Biologia de Patógenos, da Academia de Ciências Médicas, de acordo com a Bloomberg.

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA também é defensor da teoria de que a Covid-19 se pode tornar numa doença sazonal. E utiliza como exemplo o número de casos nos países do hemisfério sul, que nesta altura estão a entrar no inverno.

Donald Trump diz ter esperança que o número de casos diminua com o aumento das temperaturas no hemisfério norte, com a chegada do verão. Porém há especialistas chineses que dizem não haver evidência científica para esta relação.

"O vírus é sensível ao calor quando é exposto a 56 graus durante 30 minutos, porém o clima nunca fica tão quente. (...) Portanto, globalmente, mesmo durante o verão, a possibilidade de queda significativa dos casos é pequena", disse Wang Guiqiang, chefe do departamento de doenças infecciosas do Primeiro Hospital da Universidade de Pequim.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A PANDEMIA DA COVID-19

ESPECIAL CORONAVÍRUS

  • Um Presidente sem tempo a perder

    Opinião

    Donald Trump foi o pior Presidente dos EUA em 90 anos. Joe Biden tem o maior desafio do último século americano - mas está, nestes primeiros dias, a mostrar que pode estar à altura do que a maioria clara lhe pede.

    Germano Almeida