Coronavírus

Avião vai à Índia carregar 15 toneladas de material sanitário para Portugal

Kai Pfaffenbach

O voo prevê chegar ao aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, por volta das 10:15 (em Lisboa) de quarta-feira.

Especial Coronavírus

Um avião da euroAtlantic airways aterrou esta terça-feira no aeroporto internacional de Kempegowda, em Bangalore, capital do estado indiano de Kamataka, para carregar 15 toneladas de material sanitário com destino a Portugal, divulgou a empresa em comunicado.

Segundo a nota, um avião da euroAtlantic airways (EAA) "aterrou ao final desta tarde em Portugal, já noite na Índia no Aeroporto Internacional de Kempegowda (BLR) de Bangalore, capital do estado de Kamataka, um centro tecnológico localizado do sul da Índia, para carregar 15 toneladas de Material Sanitário com destino a Portugal".

O voo da EAA (MMZ-YU655) irá fazer uma escala técnica no Aeroporto Internacional de Tbilisi (TBS), na Geórgia, e prevê chegar ao aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, por volta das 10:15 (em Lisboa) de quarta-feira, segundo o comunicado.

A empresa esclareceu na nota que "a totalidade da frota da euroAtlantic registada na autoridade aérea nacional, ostentando a flâmula portuguesa, tem estado disponível para servir as capacidades estratégicas de Portugal, em necessidades de voos de repatriamentos, como no caso mais visível na opinião pública em Dili, Timor-Leste, ou no transporte de carga aérea".

Segundo a companhia aérea, as autoridades portuguesas, nomeadamente o Ministério dos Negócios Estrangeiros português, a embaixada de Portugal na Índia, o AICEP e Autoridade Aérea da Índia desbloquearam "em poucas horas" todas as licenças de sobrevoo e aterragem do avião.

Um avião da companhia aérea, de acordo com a nota, "estacionado no Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU) Guarulhos, está a aguardar carga destinada a um terceiro país da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que será objeto de notícia".

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 254 mil mortos e infetou quase 3,6 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um 1,1 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.074 pessoas das 25.702 confirmadas como infetadas, e há 1.743 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO AS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

ESPECIAL CORONAVÍRUS