Coronavírus

Covid-19: Portugal regista nove mortes e 553 novas infeções em 24 horas

MIGUEL A. LOPES

Dados da Direção-Geral da Saúde.

Especial Coronavírus

Portugal regista esta sexta-feira 1.114 mortes relacionadas com a covid-19, mais nove do que na quinta-feira, e 27.268 infetados (mais 553), segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção Geral da Saúde.

Em comparação com os dados de quarta-feira, em que se registavam 1.105 mortos.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (27268), os dados da Direção Geral da Saúde (DGS) revelam que há mais 533 casos do que na quinta-feira (26.715).

O número de casos recuperados subiu de 2.258 para 2.422, mais 164 do que ontem.

Há 842 doentes internados, 127 encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos.

Divulgadas medidas para reabertura de restaurantes e cafés

Rafael Marchante

Os restaurantes e os cafés quando reabrirem este mês devem privilegiar o uso das esplanadas e o serviço 'take away' e devem incentivar o agendamento prévio, segundo uma orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgada esta sexta-feira.

Na orientação, a DGS estabelece as várias medidas que os estabelecimentos de restauração e bebidas devem adotar quando reabrirem no dia 18 de maio.

Entre as medidas a adotar, a autoridade de saúde destaca a redução da capacidade máxima do estabelecimento, por forma a assegurar o distanciamento físico recomendado de dois metros entre as pessoas, privilegiando a utilização de áreas exteriores, como as esplanadas (sempre que possível) e o serviço take-away.

Veja a lista de medidas aqui

Cerimónias de maio em Fátima podem ter celebrantes, convidados e funcionários

Pedro Nunes

O Governo decidiu que as celebrações de 12 e 13 de maio no Santuário de Fátima podem contar com celebrantes, convidados e funcionários, que têm de manter uma distância de dois metros, devido à pandemia de Covid-19.

Um despacho publicado na quinta-feira no Diário da República, assinado pelos ministros da Administração Interna e da Saúde, refere que podem estar presentes "celebrantes e demais elementos necessários à celebração, convidados do Santuário de Fátima e respetivos funcionários, os quais devem observar o distanciamento físico de dois metros entre si".

Sair da crise com a lição bem aprendida: "Temos que reforçar as capacidades nacionais de produção"

António Costa disse esta sexta-feira que é preciso reforçar a capacidade de produção nacional de ventiladores para o país não depedender de um mercado externo desregulado e selvagem.

O primeiro-ministro discursou, esta manhã, no CEIIA, Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Matosinhos, que concluiu em 45 dias os 100 primeiros ventiladores.

  • 0:43