Coronavírus

Criança de 5 anos morre nos EUA por doença associada ao coronavírus

Matthew Childs

E dezenas de outras crianças estão severamente doentes.

Especial Coronavírus

Um menino de cinco anos morreu devido a uma doença associada ao novo coronavírus e dezenas de outras crianças estão severamente doentes na região de Nova Iorque, informou esta sexta-feira o governador do estado norte-americano.

Andrew Cuomo não deu detalhes sobre a criança, dizendo apenas que morreu na quinta-feira, mas acrescentou, segundo a agência de notícias AP, que foram reportados 73 casos de crianças gravemente doentes, com sintomas parecidos com os da doença Kawasaki, uma rara condição inflamatória que afeta sobretudo crianças com menos de cinco anos.

O caso deste menino, registado em Nova Iorque, está a desafiar a ideia de que as crianças são menos suscetíveis a desenvolver complicações associadas à covid-19.

"Esta informação sugere que talvez tenhamos de rever esse 'facto', essa suposição", alertou o governador democrata, numa altura em que os Estados Unidos são o país com mais mortos por covid-19 (75.670) e mais casos de infeção confirmados (mais de 1,2 milhões).

O autarca de Nova Iorque, Bill de Blasio, anunciou, por seu lado, que vai reforçar o policiamento nalguns parques da cidade e que uma corporação de "teste e rastreio", com 2.500 elementos, estará operacional a partir de junho, para identificar pessoas infetadas, isolá-las em hotéis, se necessário, e determinar a cadeia de contactos que mantiveram.

Segundo De Blasio, sete mil pessoas já se candidataram a fazer parte desta corporação.

ACOMPANHE AQUI TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19