Coronavírus

Um milhão de pessoas infetadas em todo o mundo só nos últimos 11 dias

Os dados da Organização Mundial da Saúde mostram a velocidade de propagação do novo coronavírus.

Saiba mais...

Nos últimos 11 dias foram registados mais um milhão de infetados com o novo coronavírus em todo o mundo. Os dados avançados pela OMS mostram a velocidade de propagação do vírus. Mas é certo que são também o resultado de um aumento na realização de testes em dezenas de países.

A Rússia continua a ser o país onde a pandemia cresce mais depressa. Os quase 11 mil novos casos nas últimas 24 horas, juntam-se aos que já existiam e dão, agora, um total de mais de 232 mil russos com Covid-19.

Em Singapura, esta terça-feira, reabriram os cabeleireiros, barbeiros e lavandarias, que estavam fechadas há cinco semanas. O Governo diz que as cadeias de transmissão que existem são importadas e que os quase mil novos casos registados desde domingo, são em comunidades de trabalhadores migrantes. Também nas Filipinas as autoridades preparam o fim das restrições sociais.

Na Austrália, onde a economia também se ressente depois de semanas de confinamento, o ministro das Finanças foi ao parlamento falar sobre a situação do país.

A China, que diz ter apenas um novo caso, nas últimas 24 horas, não registou qualquer morte por Covid-19, em mais de um mês. E, apesar de estar a permitir a reabertura das empresas, escolas, lojas e monumentos, a comissão nacional da saúde de Pequim, insiste que a população tem de respeitar as regras de distanciamento social, uso de máscara e desinfeção das mãos, sob pena do país voltar a ter uma vaga da pandemia.

ESPECIAL CORONAVÍRUS

  • "Quando estou com os avós sinto-me feliz"

    Desafios da Mente

    As investigações apontam que as crianças que têm avós envolvidos na prestação de cuidados podem ter melhores índices de saúde mental, como uma redução do risco de sintomas depressivos e de comportamentos desviantes, bem como melhor desenvolvimento cognitivo. Em Portugal, o Dia dos Avós celebra-se a 26 de julho. A data foi instituída pela Assembleia da República, em 2003.

    Mauro Paulino