Coronavírus

A estratégia de Trump para desviar a culpa pelo impacto devastador do vírus nos Estados Unidos

Trump acusa OMS de favorecer a China. O Governo chinês aceita uma investigação depois do controlo da pandemia.

Saiba mais...

Podem ainda faltar seis meses para as presidenciais nos Estados Unidos mas fora e, dentro do país, há quem explique as medidas de Donald Trump como essencialmente eleitoralistas.

Ao anunciar que os Estados Unidos podem vir a cortar definitivamente a contribuição para a Organização Mundial de Saúde, o Presidente norte-americano dirige-se sobretudo à base eleitoral com o objetivo de desviar a culpa pelo impacto devastador do vírus nos Estados Unidos