Coronavírus

Bandeiras e parques de estacionamento vão definir acesso às praias

Bandeiras e parques de estacionamento vão definir acesso às praias

Uma época balnear diferente do habitual.

Especial Coronavírus

O ministro do Ambiente confirmou esta quinta-feira que o acesso às praias vai realizar-se mediante um código de cores, consoantes as bandeiras de praia, e não como um semáforo.

João Pedro Matos Fernandes referiu ainda que os parques de estacionamento vão ajudar a definir a lotação das praias.

AS MEDIDAS PREVISTAS

Além dos acessos à zona balnear, estão previstas medidas sobre o ordenamento do espaço de estacionamento, a circulação nas passadeiras, paredão e marginal, as instalações sanitárias, a gestão de resíduos, a venda ambulante, os equipamentos de banho, inclusive cadeiras anfíbias, gaivotas, escorregas, chuveiros e espreguiçadeiras, e o funcionamento de apoios de praia e equipamentos, nomeadamente restaurantes, esplanadas e zonas de merendas.

Quanto aos postos de primeiros socorros, estes devem dispor de termómetros e equipamento de proteção individual e ter uma área destinada ao isolamento de casos suspeitos de infeção pela Covid-19, determina o regime excecional e temporário para a ocupação e utilização das praias, no contexto da pandemia Covid-19.

Neste âmbito, o Governo prevê a possibilidade de interdição da praia, "por motivo de proteção da saúde pública, em caso de incumprimento grave das regras pelas concessionárias ou pelos utentes".

Veja também:

ESPECIAL CORONAVÍRUS