Coronavírus

Demissão em bloco no Hospital da Guarda

Notícia SIC

Comissão Covid está em desacordo com administração.

Especial Coronavírus

No primeiro dia da terceira fase de desconfinamento, a comissão que desde o início de março coordenava a resposta "Covid" no Hospital da Guarda demitiu-se em bloco.

A decisão foi tomada esta segunda-feira depois de um diferendo, aparentemente insanável, entre o pneumologista Luís Ferreira que presidia a Comissão Covid e a administração liderada por Isabel Coelho.

A restante equipa de trabalho constituída por mais sete médicos e dois enfermeiros foi solidária com o presidente e assinou a carta de demissão.

Ainda ninguém adiantou as razões desta tomada de posição conjunta, mas a SIC sabe que o presidente da Comissão ter-se-á sentido desautorizado pelo conselho de administração que, logo a 2 de março, assumiu o papel de hospital de segunda linha no combate à pandemia.

A carta de demissão foi entregue hoje por volta das 17h e até à hora de publicação deste artigo, apesar das tentativas da SIC, ainda não desencadeou qualquer reação do Conselho de Administração.