Coronavírus

Turista na Madeira entregou habeas corpus para sair da quarentena

Jovem considera o confinamento arbitrário e contra a lei. 

Especial Coronavírus

A quarentena obrigatória em hotéis para passageiros que não tenham testes negativos pode estar em causa na Madeira.

No tribunal há um pedido de habeas corpus entregue por uma jovem que considera o confinamento arbitrário contra a lei.