Coronavírus

Reino Unido anuncia uso obrigatório de máscaras nos transportes

Dominic Lipinski

Nas últimas 24 horas morreram 176 pessoas vítimas da Covid-19 no Reino Unido.

Especial Coronavírus

O Reino Unido registou mais 176 mortes nas últimas 24 horas, somando no total 39.904 óbitos devido à covid-19, informou hoje o ministro dos Transportes, Grant Shapps, que anunciou a obrigatoriedade do uso de máscaras em transportes públicos.

As mortes nas últimas 24 horas foram metade das registadas no dia anterior (359) embora os valores diários flutuem e incluam mortes ocorridas há vários dias e registadas mais tarde.

O número de casos de contágio aumentou para 281.661, mais 1.805 do que no dia anterior, estando atualmente hospitalizados 7.312 pacientes com covid-19 nos hospitais britânicos, dos quais 604 ligados a um ventilador.

O ministro anunciou que, a partir de 15 de junho, proteções para a cara vão passar a ser obrigatórios nos transportes públicos em Inglaterra, onde até agora era opcional.

"Não implica o uso de máscaras cirúrgicas, que devem limitar-se aos locais médicos, mas proteções para a cara que podem ser feitas facilmente em casa", indicou, justificando a decisão com o facto de o número de utilizadores de transportes estar a aumentar à medida que o confinamento no Reino Unido é aliviado.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 385 mil mortos e infetou mais de 6,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.