Coronavírus

Mais 169 militares da Marinha vão reforçar vigilância nas praias

PAULO CUNHA

Medida tem como objetivo aumentar a segurança nas praias portuguesas.

Especial Coronavírus

O ministro da Defesa anunciou este sábado que as praias vão ter um reforço de 169 militares da Marinha para garantir a segurança da época balnear.

"Este ano vamos ter um reforço de 169 pessoas da marinha para apoiar a autoridade marítima quando habitualmente vêm 70 ou 80" disse João Gomes Cravinho em Portimão.

Ao falar na cerimónia de abertura da época balnear que decorreu na Praia da Rocha em Portimão, o ministro salientou que este reforço "visa aumentar o nível de segurança nas 552 praias" no território nacional.

Gomes Cravinho alertou para a possibilidade de este ano "o acesso às praias ser mais intenso devido ao enorme apego que os portugueses têm ao mar".

O governante disse ainda que este ano, vai haver "uma redobrada vigilância às praias não vigiadas" para que os veraneantes possam desfrutar daqueles locais em maior segurança.

O ministro lembrou que Portugal continua a ser um destino de férias seguro, lembrando que essa segurança é também responsabilidade da sociedade civil, "tratando-se de um exercício para que a época balnear corra de forma segura para todos".

  • 14:18
  • 2:34