Coronavírus

Áustria e Grécia consideram Portugal país de risco e não levantam restrições

Países entendem que taxa de infeção em Portugal não oferece segurança.

Especial Coronavírus

A Áustria e a Grécia vão levantar as restrições nas fronteiras para quase todos os europeus, mas não aos portugueses. Os dois países consideram que a taxa de infeção em Portugal não oferece segurança.

As regras determinam que para passar a fronteira sem restrições, os passageiros não podem chegar de um país que exceda, por dia, 10 casos positivos de Covid-19 em cada 100 mil habitantes.

Com pouco mais de 17 mil infetados desde o início da pandemia, a Áustria anunciou que vai levantar as medidas restritivas aos turistas que chegam de quase todos os países europeus, mas os portugueses estão fora da lista.

A Grécia também considera Portugal um país de risco, mas mantém as portas abertas para países como a China ou a Alemanha.

Durante o verão, os portugueses que queiram viajar para território grego terão de cumprir uma quarentena obrigatória de 14 dias.

O Governo português já pediu esclarecimentos a Atenas sobre os critérios para a lista dos países autorizados a entrar sem restrições e as autoridades
de saúde lembram que a pandemia não conhece fronteiras.

  • 14:18
  • 2:34