Coronavírus

Companhias aéreas contra quarentena obrigatória imposta a quem chega ao Reino Unido

Três companhias aéreas vão processar o Governo britânico.

Especial Coronavírus

Três das maiores companhias aéreas da Europa vão processar o Governo britânico, porque querem acabar com a quarentena imposta a todos passageiros que chegam ao Reino Unido.

Numa declaração conjunta, as empresas declararam que a quarentena em vigor desde segunda-feira, com um período mínimo de três semanas, "terá um efeito devastador no turismo e na economia do Reino Unido e destruirá milhares de empregos".

As companhias aéreas pediram que o assunto fosse levado à justiça o mais depressa possível.Segundo as empresas, a quarentena é muito restritiva e não se baseia em nenhuma consulta ou evidência científica.

As companhias aéreas apontam que a medida tem isenções quanto aos franceses e alemães que vão ao país todas as semanas e tem como alvo viajantes de países onde as taxas de contaminação pelo novo coronavírus são mais baixas do que as do Reino Unido.