Coronavírus

Rashford ajuda a angariar 23 milhões de euros para ajudar crianças carenciadas

Phil Noble

O jogador juntou-se à iniciativa da FareShare, a maior associação de luta contra a fome e o desperdício alimentar no Reino Unido.

Especial Coronavírus

O futebolista internacional inglês Marcus Rashford, avançado do Manchester United, ajudou a angariar mais de 20 milhões de libras (perto de 23 milhões de euros) que permitirão servir três milhões de refeições a crianças carenciadas no Reino Unido.

O jogador, de 22 anos, juntou-se à iniciativa da FareShare, a maior associação de luta contra a fome e o desperdício alimentar no país, que tem denunciado o agravamento da situação das crianças desfavorecidas durante o período de confinamento motivado pela pandemia de covid-19.

"Tínhamos estabelecido o objetivo de atingir três milhões de refeições até ao fim de junho. Hoje alcançámos essa meta. No momento em que assinalamos esta marca, quero alertar que ainda há muito por fazer", observou Rashford.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 418 mil mortos e infetou mais de 7,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP, e o Reino Unido é um dos mais afetados, com 41.279 mortos e mais de 291 mil casos confirmados de infeção.