Coronavírus

Covid-19: Espanha regista cinco mortes e 134 novos casos nas últimas 24 horas

Nacho Doce

Comunidade autónoma da Catalunha é a região com mais novos casos.

Especial Coronavírus

Espanha registou cinco mortes nas últimas 24 horas e 134 novos casos de pessoas infetadas, segundo o relatório diário com a atualização da situação epidemiológica no país.

O Ministério da Saúde espanhol atualizou para 28.368 o número total de óbitos com a pandemia, mais cinco do que na quarta-feira, havendo 24 óbitos notificados na última semana, dos quais nove na comunidade autónoma de Madrid, a mais atingida pela pandemia.

Por outro lado, o total de pessoas infetadas desde o início da doença é de 250.103, dos quais 134 diagnosticados nas últimas 24 horas.

A comunidade autónoma da Catalunha é a região com mais novos casos (28), seguida de Aragão (26) e de Madrid (25).

O relatório diário com a atualização da situação epidemiológica no país informa que já passaram pelos hospitais 125.217 pessoas com a Covid-19, tendo dado entrada na última semana 136.

Portugal e Espanha unidos pela recuperação económica

As fronteiras entre Portugal e Espanha reabriram depois de três meses e meio encerradas devido à pandemia. Nas cerimónias desta quarta-feira de manhã, em Elvas e Badajoz, os chefes de governo falaram de um trabalho conjunto para recuperar a economia.

António Costa disse estar confiante no acordo europeu.

Espanhóis começam a visitar Portugal

Um dia depois da reabertura das fronteiras, alguns espanhóis começaram a visitar Portugal e não escondem a vontade que tinham de voltar.

Em Bragança ainda são poucos, mas os comerciantes acreditam que o fim de semana vai trazer muitos mais.

Portugueses voltam a fazer compras em Ayamonte

Com a abertura da fronteira com Espanha, foram também retomados os laços económicos e sociais nas comunidades raianas, interrompidos ao longo dos últimos 107 dias.

As compras e turismo justificaram as primeiras travessias.

Muitos portugueses regressaram a Ayamonte para compras e combustível. Já os primeiros turistas espanhóis dizem que estavam ansiosos pela reabertura.