Coronavírus

América do Sul regista 100 mil mortes e quase três milhões de casos de Covid-19

Os argentinos protestaram contra as medidas de confinamento.

Especial Coronavírus

Na América do Sul já morreram mais de 100 mil pessoas com Covid-19 e há quase três milhões de infetados com o novo coronavírus.

Aquele que deveria ter sido um dia de celebração da independência da Argentina, acabou por se tornar num dia de protestos em Buenos Aires. Desde o início da pandemia, nenhum país esteve tanto tempo em quarentena como a Argentina e apesar dos bons resultados sanitários, os quase quatro meses de confinamento asfixiam cada vez mais a economia do país.

Oficialmente, a Venezuela regista 80 mortos e oito mil infetados.