Coronavírus

Covid-19 nos EUA. Governador da Florida não recomenda o uso de máscara

Estado ultrapassou no domingo os 15 mil novos casos de contágios, o maior número registado até agora em apenas um dia.

Especial Coronavírus

Com os números atuais, se a Florida fosse um país seria o quarto com mais casos de coronavírus em todo o mundo, apenas atrás dos Estados Unidos, Brasil e Índia.

O número de novos contágios neste estado já ultrapassou os recordes diários de todos os países europeus e até mesmo o maior número de novos casos nos Estados Unidos.

Para conter o surto, Ron DeSantis, governador da Flórida, ordenou o encerramento de bares mas continua a resistir à implementação do uso obrigatorio de máscara.

Entretanto, e em pleno surto, a Disney reabriu dois dos principais parques temáticos do complexo em Orlando, na Flórida. Depois de quatro meses de portas fechadas por causa da pandemia, as atividades foram retomadas com novas regras: o número de visitantes é limitado e a estrutura tem um protocolo sanitário adaptado ao novo coronavírus.

Novo coronavírus já infetou mais de 13 milhões de pessoas no mundo

A pandemia da doença provocada pelo novo coronavírus já infetou mais de 13 milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com o último balanço feito pela France-Presse (AFP), às 20:00 GMT, junto de fontes oficiais.

A AFP dá conta de que o número total de pessoas infetadas pelo SARS-CoV-2 desde o início da pandemia é de 13.000.166, das quais 569.990 morreram.

Os Estados Unidos da América (EUA) continuam a ser o país mais afetado pelo novo coronavírus, registando 3.341.838 infeções, incluindo 135.425 óbitos.

Os países da América Latina e Caraíbas registaram, até agora, 3.380.218 casos (144.847 mortes). Já a Europa contabilizou 2.849.335 casos positivos de covid-19 (202.780 óbitos).

O número de contágios continua a aumentar, com 2,6 milhões de novos casos registados desde 01 de julho.