Coronavírus

Brasil regista 1.311 mortes e quase 60 mil novos casos de Covid-19

PILAR OLIVARES

O país contabiliza oficialmente 2.287.475 casos e 84.082 óbitos provocados pelo novo coronavírus.

Saiba mais...

O Brasil registou 59.961 casos de infeção e 1.311 mortes associados à covid-19 nas últimas 24 horas, segundo um balanço divulgado esta quinta-feira pelo Mistério da Saúde.

O país contabiliza oficialmente 2.287.475 casos e 84.082 óbitos provocados pelo novo coronavírus.

Esta quinta-feira, o Brasil registou o segundo maior número de notificações de casos da doença num mesmo dia. O recorde tinha ocorrido na quarta-feira, quando o executivo brasileiro confirmou 67.860 pessoas infetadas pela covid-19 em 24 horas.

Segundo o Governo, 1.570.237 pessoas infetadas já estão recuperadas e outras 633.156 estão sob acompanhamento.

Ministério da Saúde do Brasil terá gasto menos de um terço do valor disponível para combater a Covid-19

O Governo brasileiro terá de justificar os critérios de aquisições e de transferência de recursos para Estados e municípios.

A exigência surge depois de ter sido divulgada uma auditoria do Tribunal de Contas da União que avaliou a atuação da tutela no combate à pandemia provocada pelo novo coronavírus.

O relatório revela que o Ministério terá gasto menos de um terço do valor disponível para o combate à pandemia.

Covid-19: Investigadores brasileiros identificam quatro medicamentos com potencial

Investigadores de duas universidades brasileiras identificaram quatro fármacos com potencial para combater o novo coronavírus e entre eles não está a hidroxicloroquina.

Os cientistas das Universidades braisleiras de São Paulo e de Minas Gerais selecionaram 65 compostos químicos e através de testes in vitro - em culturas de células vivas - e da simulação por computador identificaram os fármacos com potencial para travar o SARS-CoV-2.

Pandemia já fez mais de 627 mil mortes

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 627 mil mortos e infetou mais de 15,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.