Coronavírus

Horário reduzido nos bares dos Açores. Empresários dizem que medida vem penalizar o setor

Detetado foco de infeção em estabelecimentos de diversão noturna.

Especial Coronavírus

O Governo dos Açores mandou encerrar as discotecas e reduzir o horário de funcionamento dos bares em São Miguel devido a um foco de contágio local em estabelecimentos noturnos. Os empresários dizem que a medida vem penalizar ainda mais o setor.

O executivo deliberou encerrar a partir de quinta-feira, e até 1 de setembro, as discotecas em São Miguel, sendo que os bares na ilha terão as 22:00 como hora limite de atividade, devido à pandemia de Covid-19.

O Conselho de Governo esteve hoje reunido, via videoconferência, e, diz nota enviada à imprensa após a reunião, os atuais 27 casos positivos de Covid-19 em São Miguel mereceram um reforço de medidas de contenção.

"A situação que inspira maiores cuidados e suscita a necessidade de maior atenção é a relativa à prova da existência de, pelo menos, uma cadeia de transmissão local do vírus SARS-CoV-2, com incidência nos concelhos de Ponta Delgada e Vila Franca do Campo", adianta a nota.

  • Medo, solidão e falta de afetos: como a pandemia lhes mudou a vida

    Coronavírus

    No Dia Internacional do Idoso, contamos a história de duas pessoas que têm em comum a solidão. A de Zulmira Marques, de 92 anos. Há 6 meses era alegre e passeava com as amigas quase todos os dias. Depois veio a pandemia e ficou “completamente sozinha” durante três meses. Agora não quer sair de casa. Tem vários medos. A outra é a de Maria do Céu. Morreu em junho, aos 87 anos. Os últimos dias de vida foram passados numa cama de hospital. Não pôde despedir-se das duas filhas.

    Rita Rogado