Coronavírus

É preciso preparar o país, avisa diretor de Infecciologia do São João

Pede também que se acabe com o subfinanciamento crónico do Serviço Nacional de Saúde.  

Especial Coronavírus

Na quarta-feira, foram registados mais de 100 novos casos de Covid-19 na região Norte.

O Hospital de São João, no Porto, esteve desde o primeiro dia na linha da frente no combate à pandemia do novo coronavírus e recebeu até o primeiro caso confirmado em Portugal, no início de março, mas nunca chegou a exceder a capacidade de resposta.

Em entrevista à SIC, o diretor do Serviço de Infecciologia do hospital afirmou que é preciso preparar o país para a próxima fase e acabar com o subfinanciamento crónico do Serviço Nacional de Saúde.

"Estou convencido que não vamos ter aquela segunda fase que as pessoas tanto falam, mas temos de estar preparados para a enfrentar se ela vier", disse António Sarmento.

Duas mortes e 362 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou na quarta-feira mais duas mortes por Covid-19 e 362 novos casos confirmados de infeção nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O número de novos casos foi o mais alto desde 15 de julho, dia em que foram registadas 375 novas infeções.

Desde o início da pandemia, registaram-se em Portugal 56.274 casos de infeção pelo novo coronavírus e 1.807 óbitos.