Coronavírus

Autoridades francesas ponderam confinamento obrigatório em algumas regiões

Francois Mori

Aumento exponencial de casos nos últimos dias obriga à implementação de novas medidas.

Especial Coronavírus

As autoridades de Saúde francesas reúnem-se hoje para discutir a melhor forma de enfrentar uma segunda vaga da pandemia da Covid-19, sem no entanto bloquear a atividade económica.

O presidente do Conselho Cientifico do governo francês, Jean-François Delfraissy, disse, numa entrevista à rádio RTL, que um confinamento a nível nacional deve ser evitado a todo o custo, mas reconheceu que a hipótese não pode ser descartada e admitiu que a medida possa ser tomada a nível local, nas regiões onde a situação é mais crítica.

Em França estão atualmente hospitalizadas mais de 5 mil pessoas: é o número mais alto do último mês.

Na quinta-feira foram contabilizados 8 mil novos infetados. As unidades de cuidados intensivos estão a prever e a preparar-se para uma nova enchente em outubro.

  • 2:34