Coronavírus

França regista mais de 7.800 casos diários de covid-19

Gonzalo Fuentes

Em 24 horas, a doença matou 37 pessoas no país.

Especial Coronavírus

O número de contágios pelo novo coronavírus em França disparou para 7.852 nas últimas 24 horas, revelaram hoje as autoridades francesas.

Este número revela um forte aumento face aos 6.158 de segunda-feira e faz subir o número total de casos confirmados no país desde o início da pandemia para 395.104. A taxa de positividade dos testes voltou aos 5,4%.

Ainda nas últimas 24 horas foram registados 37 mortos devido a covid-19, elevando o número total de óbitos devido à doença para 30.999. Deste total, 20.471 pessoas morreram no hospital.

O número de focos de contaminação está também a aumentar com 68 novos focos a serem identificados nas últimas 24 horas, havendo atualmente 852 focos ativos em França.

As autoridades destacaram que 121 destes focos se registam em lares.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 929.391 mortos e mais de 29,3 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Portugal e França a favor de "coordenação estreita" na gestão de fronteiras na UE

Os chefes das diplomacias de Portugal e de França defenderam esta terça-feira a necessidade de "uma coordenação estreita" na União Europeia na gestão das fronteiras e na aplicação de medidas sanitárias para "preservar o espaço comum" de livre circulação.

"Concordámos que é necessário seguir uma coordenação estreita na gestão fronteiras e na aplicação de medidas sanitárias, [...] a nível europeu, para que possamos preservar o espaço comum europeu e, ao mesmo tempo, aplicar as medidas sanitárias indispensáveis", disse à imprensa, em Lisboa, o ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Yves Le Drian.

Le Drian foi recebido pelo ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, para uma reunião, seguida de declarações à imprensa sem a possibilidade de os jornalistas colocarem questões, que o ministro francês qualificou de "positiva e profícua" e o homólogo português de "muito interessante e muito útil".

Seis meses depois do início da pandemia, o mundo lida com a ameaça de uma segunda vaga

Seis meses depois de ter sido declarada a pandemia de Covid-19, o mundo lida agora com a ameaça ou, em muitos casos, com a realidade, de uma segunda vaga de contágios.

Mas há também países que acreditam ter conseguido travá-la, como a Austrália. O Governo prepara-se agora para aliviar as restrições impostas aos cidadãos.

  • Um Presidente sem tempo a perder

    Opinião

    Donald Trump foi o pior Presidente dos EUA em 90 anos. Joe Biden tem o maior desafio do último século americano - mas está, nestes primeiros dias, a mostrar que pode estar à altura do que a maioria clara lhe pede.

    Germano Almeida