Coronavírus

Portugal com mais 4 mortes e 425 novos casos de Covid-19

Rafael Marchante

Balanço da DGS das últimas 24 horas.

Especial Coronavírus

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta terça-feira a existência de um total de 1.875 mortes e 65.021 casos de covid-19 em Portugal desde o início da pandemia.

O número de mortes subiu de 1.871 para 1.875 , mais 4 do que na segunda-feira. O número de infetados aumentou de 64.596 para 65.021, mais 425. O número total de novos casos registados esta terça-feira é o mais baixo dos últimos sete dias.

Nas últimas 24 horas registou-se mais 1 internamento, aumentando para 478 o número de pessoas com covid-19 internadas nos hospitais, enquanto os doentes nas unidades de cuidados intensivos são menos 2, num total de 59.

De ontem para hoje recuperaram 177 doentes, pelo que 44.362 pessoas já superaram a infeção desde o início da pandemia em Portugal.

Em vigilância estão 36.955 contactos, mais 197 em relação a segunda-feira.

Números por região

  • A região Norte regista mais 117 casos, somando agora um total de 23.528, com 859 mortos.
  • Na região Centro registaram-se mais 51 casos, tendo agora 5.330 infeções e 254 mortos contabilizados desde o início da pandemia.
  • No Alentejo foram registados mais 14 casos de covid-19, totalizando 1.175 casos e 22 mortos até agora.
  • A região do Algarve tem hoje notificados mais 15 casos de infeção, somando um total de 1.259 casos e 19 mortos por covid-19.
  • Na região autónoma dos Açores foi registado um novo caso nas últimas 24 horas, somando 240 infeções 15 mortos desde o início da pandemia.
  • A Madeira não tem hoje o registo de qualquer caso, contabilizando 192 infeções, sem óbitos até hoje.

Números por faixa etária e género

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

No total, o novo coronavírus já afetou em Portugal pelo menos 29.377 homens e 35.644 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 945 eram homens e 930 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

Portugal entra em situação de contingência. O que muda?

Portugal Continental entra em situação de contingência esta terça-feira com medidas específicas para as Áreas Metropolitanas.

O Governo determinou as seguintes medidas:

- Limitação das concentrações a 10 pessoas, salvo se pertencentes ao mesmo agregado familiar, na via pública e em estabelecimentos;

- Proibição da venda de bebidas alcoólicas em áreas de serviço ou em postos de abastecimento de combustíveis;

- Proibição da venda de bebidas alcoólicas, a partir das 20h00, nos estabelecimentos de comércio a retalho, incluindo supermercados e hipermercados;

- Proibição do consumo de bebidas alcoólicas em espaços exteriores dos estabelecimentos de restauração e bebidas no após as 20h00, salvo no âmbito do serviço de refeições;

- Estabelecimentos comerciais só podem abrir após as 10:00. Haverá "exceções" em que será possível o comércio abrir antes das 10:00, como as "pastelarias, cafés, cabeleireiros e ginásios".

- Horário de encerramento dos estabelecimentos, passará a ser obrigatoriamente entre as 20:00 e as 23:00, cabendo a cada município a determinação da hora exata "em função da realidade específica do concelho" e mediante parecer favorável da autoridade local de saúde e das forças de segurança.

- Em áreas de restauração de centros comerciais, define-se o mesmo limite máximo de 4 pessoas por grupo;

Temos as ferramentas para "prevenir a disseminação descontrolada" da covid-19

O virologista Pedro Simas deu uma entrevista ao programa Polígrafo da SIC Notícias para esclarecer dúvidas sobre a covid-19.

LINKS ÚTEIS

  • 17:19