Coronavírus

Covid-19. França anuncia encerramento temporário de 81 escolas

Stephane Mahe

O ministro da Educação francês desvaloriza, dizendo que se trata de um "número baixo".

Especial Coronavírus

O coronavírus está a causar impacto no início do ano letivo em França. Depois de terem sido registados 1.200 novos casos entre alunos, o Governo francês decidiu encerrar temporariamente 81 escolas, decisão que afeta 2.100 turmas.

O anúncio foi feito esta quarta-feira pelo ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer, que sublinha que, ainda assim, são números baixos que correspondem apenas a “0,13% dos estabelecimentos de ensino”.

Covid-19 em França: o último balanço

O número de contágios pelo coronavírus em França disparou na terça-feira para 7.852. Número que revela um forte aumento face aos 6.158 de segunda-feira e faz subir o número total de casos confirmados no país desde o início da pandemia para 395.104. A taxa de positividade dos testes voltou aos 5,4%.

Ainda no dia de ontem foram registados 37 mortos devido à covid-19, elevando o número total de óbitos devido à doença para 30.999. Deste total, 20.471 pessoas morreram no hospital.

Novas restrições

Com a subida exponencial de infeções, há novas restrições em vários países da Europa.

Em França, estão proibidos mercados de rua e festas em Bordéus e Marselha. Na segunda cidade mais populosa, as unidades de cuidados intensivos atingiram já o limite. O Governo de Macron lançou ainda uma campanha para relembrar comportamentos travão ao contágio.