Coronavírus

“Num país massacrado pela Guerra Civil, o coronavírus é só mais um assassino”

Uma viagem por um hospital e pelas ruas da capital do Iémen.

Especial Coronavírus

Os últimos cinco anos têm sido devastadores para o Iémen. A Guerra Civil deixou o país ainda mais pobre e mal equipado para lidar com a pandemia de covid-19.

Oficialmente, o Iémen regista pouco mais de dois mil casos e 585 mortes, mas as estimativas internacionais apontam para que a doença possa vir a infetar 11 milhões e provocar pelo menos 85 mil mortos.

A reportagem num hospital e nas ruas da capital do Iémen é da Sky News, televisão britânica parceira da SIC.