Coronavírus

Medicamento que "curou" Trump feito com células de fetos abortados

Presidente da empresa "Regeneron" (onde o medicamento foi desenvolvido) é companheiro de "Golf" do Presidente norte-americano.

Especial Coronavírus

O cocktail de anti-corpos administrado ao Presidente norte-americano para combater o novo coronavírus é feito com células de fetos que foram abortados.

Donald Trump tomou um medicamento que ainda não passou nos testes de segurança farmacológica.

  • 0:57