Coronavírus

Transmissão da covid-19. Virologista explica qual é o "grande problema"

A entrevista a Paulo Paixão, presidente da Sociedade Portuguesa de Virologia. 

Especial Coronavírus

Paulo Paixão, virologista e presidente da Sociedade Portuguesa de Virologia, diz que não é uma surpresa que o número de casos diários de covid-19 ultrapasse os mil e que uma segunda vaga já era esperada.

"A questão não era se ia haver uma segunda vaga, mas sim quando ia começar"

Em entrevista esta sexta-feira na Edição da Tarde, da SIC Notícias, o virologista afirma que a segunda vaga em Portugal está "tão ou mais forte" que a primeira. Diz que a nível europeu os números de agora já ultrapassam os da primeira vaga.

Paulo Paixão fala nos números da mortalidade, que "estão claramente melhores", e explica o porquê.

Sobre a transmissão do coronavírus, diz que ainda falta aprender muito. Defende que os momentos de confraternização, em família ou com amigos, e as pausas sociais no trabalho são dos fatores mais importantes na transmissão do vírus.

MAIS 12 MORTES E 1.394 CASOS DE COVID-19 EM PORTUGAL NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou no boletim diário desta sexta-feira que há um total de 2.062 mortes e 83.928 casos de covid-19 em Portugal desde o início da pandemia.

O número de mortes subiu de 2.050 para 2.062, mais 12 do que na quinta-feira - 8 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 3 na região Norte, 1 no Centro.

Já o número de infetados aumentou de 82.534 para 83.928, mais 1.394. Este é o segundo maior número de casos de infeção. O maior foi em 10 de abril, com 1.516.

  • 0:57