Coronavírus

Europa aperta medidas para travar a pandemia

CIRO FUSCO / EPA

Os correspondentes da SIC na Europa fazem um balanço da evolução da pandemia e das novas restrições na Bélgica, Itália, Reino Unido, França e Espanha.

Especial Coronavírus

Bélgica decreta recolher obrigatório em todo o país

O primeiro-ministro belga, Alexander de Croo, decretou o recolher obrigatório em todo o território belga e o encerramento de bares e restaurantes, para combater o que qualificou de "aumento exponencial" dos casos de covid-19 na Bélgica.

Referindo que "os números são alarmantes e significativamente mais elevados do que em março e em abril", altura em que foram tomadas "medidas duras", De Croo referiu que a missão do governo belga é a de "fazer baixar esses números" e que, para tal, terão que ser adotadas "medidas mais estritas".

Itália regista novo recorde diário de infeções

Este domingo, Itália registou 11.705 novos casos de infeção da covid-19, quase mais 800 do que no sábado, o que representa o maior aumento desde o início da pandemia, segundo dados este domingo divulgados pelas autoridades de saúde.

Face ao crescimento dos casos de infeção, o Governo prepara-se para anunciar novas medidas para conter o avanço da pandemia, prevendo-se que o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, faça hoje uma conferência de imprensa, sem hora ainda definida.

França iniciou recolher obrigatório

França está já de novo em estado de emergência sanitária e nove áreas metropolitanas, entre as quais a região de Paris, já iniciaram o recolher obrigatório. Durante pelo menos quatro semanas, entre as 21h00 e 6h00 não é permitido sair de casa.

Entram em vigor novas restrições no Reino Unido

Este fim de semana, entraram em vigor as novas restrições para controlo da pandemia no Reino Unido. Londres passa para o segundo nível mais alto de restrições, numa escala de três níveis.

Os encontros sociais entre agregados familiares diferentes ficam proibidos em espaços fechados – como bares, restaurantes e casas particulares – e em espaços abertos o limite é de seis pessoas. O uso de transportes é desaconselhado, assim como a realização de viagens não essenciais.

Comunidades autónomas espanholas decretam novas medidas

Em Espanha, o vírus avança em diferentes velocidades. São agora oito as comunidades autónomas que decretaram novas medidas para conter a pandemia.

Em Madrid permanece o estado de emergência.